Torcida do Cádiz deseja que novo atacante morra

0003030

O atacante Daniel Güiza (campeão da Eurocopa de 2008 pela Espanha) foi apresentado neste sábado pelo Cádiz, da segunda divisão. A torcida compareceu em peso ao estádio Ramón de Carranza. Mas não para comemorar a chegada do ex-jogador de Getafe, Mallorca e Fenerbahçe, o atleta foi recebido ao som de gritos de “Morra!”.

O motivo foi uma declaração de Güiza em 2007, quando disse que jamais vestiria a camisa do Cádiz, já que foi formado nas divisões de base do maior rival do clube, o Xerez.

Após o anúncio do interesse do Cádiz no atacante, torcidas organizadas divulgaram um comunicado afirmando que o atleta não seria bem-vindo. Mesmo assim, o clube confirmou a contratação e entregou a camisa 9 a Güiza neste sábado. Em sua primeira coletiva, o atleta, que estava no Cerro Porteño do Paraguai, pediu perdão pela declaração dada no passado.

– Primeiro, quero pedir desculpas. Falei muitas besteiras na minha vida. Amadureci bastante e só posso fazer o melhor possível. Agradeço ao clube e ao presidente por terem apostado em mim. Não vou decepcionar. Eu sei que errei, quero pedir perdão. O que quero agora é lutar por essa camisa – disse o jogador, de 34 anos.