O presidente do Goiás, Sérgio Rassi prometeu abrir os cofres e trazer grandes reforços

4090235_x360

O presidente do Goiás decidiu reforçar o time esmeraldino para o restante do Campeonato Brasileiro da Série A.

Após aumentar o salário do atacante Érik, o presidente Sérgio Rassi declarou em entrevista exclusiva à Rádio 730 que irá atrás de dois grandes nomes para qualificar o elenco e agradar o torcedor.

“A verdade é que não podemos ficar nessa indiferença nesse momento em que todos os times se reforçam, menos o nosso. Como presidente, tenho a obrigação de tomar atitudes e, por isso, autorizei o Harlei a trazer duas grandes contratações, com salários superiores a 100 mil reais, para dar à torcida de presente até o final desse segundo turno”.

Rassi revela ainda que tem jogadores de “simples” praticamente acertados, mas que vai trazer jogadores que vão deixar o torcedor contente:

“Deixamos de trazer alguns jogadores porque não eram exatamente esses nomes para ser unanimidade entre a torcida. O Léo Gamalho e o Magno Alves foram oferecidos e até negociavam, mas quero jogadores acima disso. A dificuldade fica maior por causa dos sete jogos realizados no Brasileiro e a janela fechada, mas a busca está incessante”.

Apesar de ter liberado, as contratações seguem fora dos patamares praticados pelo Goiás no ano. O presidente avisa que ainda não sabe como irá arcar com as despesas, mas é otimista:

“Ainda não sei como pagar os salários dessas contratações, mas darei um jeito. Todos sabem que não é fácil viabilizar negócios assim quando a administração está toda comprometida em pagar dívidas que outros fizeram. Mas todo mundo está cansado desse chororô e a gente verá o que fazer daqui para frente”.

16-01-2015-06-01-03-presidente-do-goias-afirma-que-clube-ja-recusou-3-propostas-por-erik

A notícia de que o atacante Érik renovou, pegou todos de surpresa, principalmente pela vontade do atleta de deixar o clube ainda no início da temporada. Desde lá, ele não vem rendendo o esperado em campo e colecionando pequenas rixas internas. Rassi diz que o jogador mudou de ideia por não querer ver o Goiás sendo rebaixado e também pelo aumento salarial oferecido:

“Ele prometeu nos ajudar até o final do ano, abriu mão de um contrato de 150, 200 mil reais do Atlético-MG e se dispôs anos ajudar porque o Goiás é o time do coração dele e que não queria vê-lo sendo rebaixado. Em contra-partida eu ofereci o aumento de salário e a promessa que ao final do ano aceitaríamos propostas da europa para ele ir jogar lá. Ele saiu muito feliz e disposto, vai ser vida nova daqui para frente no Goiás”.

Um comentário em “O presidente do Goiás, Sérgio Rassi prometeu abrir os cofres e trazer grandes reforços

  1. Para aproximar de um time idealista e com objetivos de conquista de título, ainda que estejamos indo par a 17a Rodada, a contratação de Ronaldinho Gaúcho e Walter Matador em triangulação com o Érik e dois laterais rápidos que tenham como características avançar até a linha de fundo, com certeza absoluta o Goiás traria muita alegria a Nação Esmeraldina.

Deixe uma resposta