Elias explica motivo de jogar bem no Corinthians e na Seleção não: “Eu passo, a bola não chega”

 

300_ca0eb5d3-975b-31ce-84ca-06f339834835

O chefe de redação do SporTV, Paulo Cesar Vasconcellos, trouxe o seguinte título na sua última coluna: “Os dois Elias”. Ele se refere ao meio de campo do Corinthians e o jogador da seleção brasileira.

Enquanto se destaca no alvinegro como um dos melhores jogadores do Brasileiro, com a camisa verde e amarela não repete as boas atuações. No mesmo dia, horas depois, Elias, em participação no “Seleção SporTV”, explicou que suas funções são diferentes, mas deixou claro que faz o que o treinador pede.

– Se o Dunga ainda optar por me convocar e quiser mudar o esquema para facilitar mais as chegadas dos volantes, vou estar sempre apto para ajudar a seleção brasileira. A diferença é que aqui a bola vai chegar em mim, já estamos entrosados, jogamos há muito tempo juntos e todo mundo sabe onde o jogador gosta de receber a bola. Lá é diferente, temos pouco tempo para treinar e o entrosamento às vezes não acontece. Às vezes eu até passo, mas não recebo a bola. O torcedor e a imprensa falam que não estou passando, mas eu passo, a bola que não chega – concluiu.

A próxima convocação para a seleção brasileira acontece no dia 13 de agosto, quando Dunga anunciará a lista para amistosos nos dias 5 de setembro, sem adversário definido, mas possivelmente a Costa Rica, e dia 8, diante dos Estados Unidos, este em Boston.

– É muito difícil o jogador jogar na seleção brasileira o que joga no clube, até porque envolve tudo, questão de entrosamento e até de posicionamento. Lá, jogamos com um triangulo tradicional, com dois volantes e um meia, aqui (no Corinthians) é o triangulo invertido, com um volante e eu chegando mais como meia, ajudando o Renato (Augusto) – explicou primeiro o jogador.

Na bancada, o jornalistas e escritor Xico Sá arrumou rapidamente a solução para o posicionamento de Elias, e mandou um recado ao técnico da seleção brasileira.

– Falou tudo. Inverte esse triângulo, Dunga!

Deixe uma resposta