A novela acabou e time de Felipão na China, anuncia Robinho

622_614696e1-50c4-32fb-bbf3-b1411e57bfde

O Guangzhou Evergrande, da china que tem Luiz Felipe Scolari como técnico, anunciou Robinho, que vestirá a camisa de número 60 e inicialmente assinou contrato por seis meses.

O Guangzhou sempre foi o favorito na briga pelo jogador pois oferecia mais “dinheiro”. Segundo apuração do ESPN.com.br, o time chinês havia oferecido nada menos que 1 milhão de euros mensais de salários para convencer o jogador a se mudar para o Oriente.

O contrato  é um pouco diferente do que se o chineses queriam inicialmente. O salário oferecido era por um período de pelo menos um ano. O acordo assinado é até o fim da temporada no país, mas dá aos chineses a prioridade de renovação por mais tempo.

O clube chines agora tem 6 brasileiros, Robinho, Renê Júnior, Elkeson, Alan, Ricardo Goulart e Paulinho, porém,  há um limite de três estrangeiros em campo, alguém vai ter que sair. E o favorito é Renê Júnior, que está na mira do Corinthians.